Célia Ferreira

A.M.HO.-A.Minha.Horta

Armadilhas contra insetos

 

Chegou o outono, e com ele era suposto aparecer o tempo mais frio, a chuva, mas este ano parece que assim não acontece. Lembram-se de ter comentado sobre o uso mais poupado dos recursos hídricos, pois parece que esse conselho se mantém válido.

A falta de chuva também propicia a permanência de alguns insetos, que podem ser controlados sem recurso a inseticidas, como no caso dos frutos do pomar, em que existem no mercado soluções de produtos que não entram em contacto direto com os frutos, como é o caso das armadilhas.

As armadilhas têm dentro umas pastilhas que atraem os insetos e que os aprisionam dentro do recipiente, que por não conseguirem sair não atacam os frutos, e o produto do recipiente não entra em contacto com os frutos.

Esta é uma solução eficaz, que deve ser colocada no pomar, aquando do inicio do crescimento dos frutos. Mesta altura devem ser colocados nos citrinos.

Hortícolas para semear e/ou plantar ao ar livre: agriões, alhos, acelgas, alfaces, alho francês, brócolos, cebolas, cenouras, coentros, couves várias, couve-rábano, ervilhas, espinafres espargos, favas, lentilhas, mostardas, nabiças, nabos, rabanetes, rúcula, salsa.

Jardim, semear e/ou plantar: amores-perfeitos, margaridas, açucenas, cíclames, narcisos, crisântemos, jacintos e tulipas.

Boas colheitas!

                                                                                                         

 

 

 

 

 

 


NESTA SECÇÃO

Descobrimentos, Museus e a Língua Portuguesa

A ilustrar este “Baú da Memória”, a capa do livro de Branquinho da Fonseca “As Grandes Viage...

Museu da Batalha celebra 10 anos

O MCCB – Museu da Comunidade Concelhia da Batalha, tutelado pelo Município da Batalha celebr...

A bazuca: o rato que pariu a montanha

A bazuca anda na boca do povo: trata-se dos dinheiros da União Europeia que vêm para suporta...