António Chainho e Rão Kyao abrem festival música na vila

O espetáculo de abertura da 38.ª edição do Festival Música em Leiria (FML), que este ano arranca no Mosteiro da Batalha, no dia 20 de março, tem como protagonistas António Chainho e Rão Kyao.

Pela primeira vez, o festival de música mais antigo do País, a decorrer sem interrupções, realiza o seu concerto inaugural fora do concelho que lhe deu nome, com um espetáculo de entrada gratuita, numa aposta em alargar a sua rede de espetáculos à região centro.

“Dando seguimento ao trabalho da edição anterior com a conquista de novos públicos, levando o FML a 10 concelhos do distrito, este ano vamos alargar os espetáculos a Alcobaça, e saltar fronteiras do distrito com um concerto inédito em Ourém”, revela o presidente do Orfeão de Leiria, Acácio de Sousa.

“A aposta de realizar o espetáculo de abertura do festival é também espelho da estratégia que queremos seguir. Há muito que este deixou de ser um evento cultural circunscrito a Leiria e aos públicos da cidade. O objetivo é construir pontes com os diversos concelhos da região, com o apoio das comunidades intermunicipais da Região de Leiria, do Oeste e do Médio Tejo», explica o presidente cessante.

O espetáculo de abertura da 38.ª edição do FML, que junta a guitarra portuguesa de António Chainho e a flauta de Rão Kyao, promove o cruzamento de estilos musicais, como já vem sendo apanágio do evento. O Mosteiro da Batalha “eleva a outro patamar a diversidade cultural deste concerto que celebra a fusão entre a música popular portuguesa e o fado, e no qual não faltarão momentos de improviso e uma boa dose de experimentação, celebrando o jazz como elemento comum aos dois músicos”, considera a organização.

“A diversidade de estilos musicais que compõe a programação desta edição do festival está bem patente neste espetáculo inaugural único, protagonizado por duas grandes referências do panorama artístico português”, considera Acácio de Sousa.

O festival termina no dia 25 de abril, com um concerto da Orquestra XXI, no Teatro José Lúcio da Silva, em Leiria.


NESTA SECÇÃO

Um passeio pela Vila (III)

  Mulher   Nome de coisa nenhuma é mulher que se usa e de que se abusa, ma...

B.ballet conquista 36 medalhas nos Performance Awards

A B.ballet tornou-se uma escola certificada da American Academy of Ballet em 2019 e pelo seg...

“Imagina um Tesouro” guia alunos de visitas ao mosteiro

O Dormitório do Mosteiro de Alcobaça foi o palco para a apresentação, no dia 14 de janeiro, ...