Alunos receberam colegas de cinco países europeus

O Agrupamento de Escola da Batalha (AEB) foi responsável pela organização da primeira mobilidade internacional do projeto Erasmus KA 229, designado “Erasmus + A lab in my pocket: application of the scientific method and experimentation with smartphones sensors" (Um laboratório no meu bolso: aplicação do método científico e experimentação com sensores de telemóveis)

O AEB, que possui uma longa experiência neste tipo de projetos, recebeu de 1 a 7 de dezembro, professores e alunos de Itália, Espanha, Hungria, Roménia e Turquia.

Os 23 alunos estrangeiros ficaram alojados em casa de encarregados de educação dos seus colegas portugueses, que se disponibilizaram para os acolher, e desenvolveram também atividades, de forma autónoma, como pequenas visitas na região.

Este projeto insere-se no projeto de Autonomia e Flexibilidade Curricular de quatro turmas do 8º ano de escolaridade, onde todas estiveram envolvidas na preparação, organização e dinamização dos workshops temáticos que visaram promover o conhecimento científico e permitiram que os alunos pudessem realizar diversas experiências práticas recorrendo ao telemóvel, nomeadamente à aplicação Google Science Journal.

Os conteúdos programáticos abordados foram reações químicas, fotossíntese, germinação, luz, intensidade do som e grandezas diretamente proporcionais, através da programação dos Micro:bits, na plataforma Makecode.

Para além dos workshops, foi possível dar-lhes a conhecer duas cidades do nosso país, com uma deslocação a Lisboa e outra à Universidade de Coimbra, inserida numa visita de estudo do 8º ano.

Um dos pontos altos consistiu numa tarde-noite de atividades e de jantar partilhado, em que as famílias que acolheram os alunos do Erasmus+ se deslocaram à escola para partilhar a refeição e para assistir a apresentações preparadas pelos alunos.

“O balanço foi extremamente positivo, com os alunos e professores estrangeiros a destacarem a excelente organização e acolhimento de que beneficiaram”, segundo o AEB.

 


NESTA SECÇÃO

Carnaval põe 1.500 miúdos e graúdos a desfilar na vila

O Carnaval na Batalha volta à rua e promete diversão para todas as faixas etárias, com uma p...

Exploração da Barrosinha chumbada de vez

O projeto de exploração da pedreira da Barrosinha, na freguesia de Reguengo do Fetal, foi fo...

Menina de um ano morre atropelada por empilhadora

Uma menina de um ano de idade, natural de Casal do marra, no Concelho da Batalha, morreu no ...