Alunos inspiram-se no mosteiro para produzir obras de arte

Uma turma de 14 alunos da Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha (ESAD.CR)/Politécnico de Leiria participam na Batalha, de 22 a 27 de julho, numa residência artística orientada pelo professor Marco Correia.

A iniciativa, uma parceria entre o Politécnico de Leiria, o Mosteiro da Batalha e a câmara municipal, teve como objetivo facultar aos alunos “competências e experiências associadas à ilustração científica e ao desenho técnico, com especial incidência quanto ao Mosteiro da Batalha e aos seus motivos arquitetónicos e técnicos”. Os estudantes exploraram, também, diversos espaços urbanos e naturais do concelho.

Os trabalhos vão ser reunidos numa publicação e integrarão uma exposição a realizar no Mosteiro da Batalha.

O presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, destaca “a importância de mais esta iniciativa, de cariz pedagógico e científico que beneficiará os alunos”, e a colaboração com o Politécnico de Leiria, que “tem vindo a registar um reforço notório quanto à concretização de projetos e iniciativas, atendendo à forte relevância desta instituição de ensino na região”.


NESTA SECÇÃO

Jogos tradicionais do povo (III)

Antes de me referir ao jogo escolhido para este número, o Jogo do Pau, regresso ao Jogo do M...

Jogos tradicionais do povo (II)

Em Setembro de 2006 publiquei nesta secção um apontamento sobre os jogos populares. Este seg...

Joana Marques, humorista: “Se não pode vencê-los afaste-se deles”

A guru de anti-ajuda e humorista, Joana Marques, começa a sua mais recente obra, “Vai Correr...