Alunos com O Nariz no ar a aprender história no mosteiro

Os atores do grupo de teatro O Nariz são os protagonistas das visitas dramatizadas ao Mosteiro da Batalha, que pretendem estimular o interesse dos alunos pelo património e história do concelho.

As visitas são dirigidas aos alunos do 1º, 2º, 3º ciclos e ensino secundário e incluem três dramatizações - “Eram só pedras quanto tudo começou”, “A visita do Marquês” e “Dona Filipa” - adequadas a alunos com diferentes conhecimentos.

A iniciativa decorre de um protocolo assinado entre a Direção-Geral do Património Cultural, a Câmara da Batalha e o Grupo de Teatro O Nariz, e é operacionalizada pelo Serviço Educativo do Mosteiro da Batalha (SEMB) e Museu da Comunidade Concelhia da Batalha (MCCB).

As visitas percorrem diversos espaços do mosteiro, com textos adaptados a cada um dos níveis de escolaridade. De forma complementar, os alunos, acompanhados por técnicos, visitam o MCCB, em que são reforçados os conhecimentos e as informações adquiridas no mosteiro, numa lógica de cooperação e articulação entre o monumento e o museu.

O agendamento das visitas pelas escolas é efetuado pelo SEMB e no MCCB. Mais informação pode ser consultada nos sites do Mosteiro da Batalha e do MCCB.


NESTA SECÇÃO

Alberto Sardinha, uma das maiores figuras da cultura em Portugal

Círio   Caminho a descontar pecados em cada passo, em busca do santo da minh...

Nos 521 anos da Vila e do Município da Batalha

  A Pomba (Sobre o poema “o Arco” do poeta hispano-árabe de Múrcia Al-Buqayra, do sécu...

Nos 58 anos do Rancho Folclórico Rosas do Lena

Jesus   Renasce todos os anos no meu coração este Deus meigo e fraterno, ...