Águas do Lena com concessão prolongada

A assembleia municipal aprovou o acordo delineado entre a câmara municipal e a empresa Água do Lena, que prevê o prolongamento da concessão até 2028 (mais sete anos do que o previsto), com a garantia de que as tarifas sofrerão apenas aumentos pontuais.

O município e a Águas do Lena negociavam há três anos o prolongamento da concessão para além de 2021 e a câmara garante que o preço da água não subirá para a esmagadora maioria dos consumidores (domésticas, comércio, indústria e instituições particulares de solidariedade social), podendo, inclusive, descer nalguns caso.

Estão previstas reduções nos tarifários especiais e nos primeiros escalões de consumo onde se integram mais de 90% dos consumidores domésticos e não domésticos. Quanto ao aumentos pontuais, “resultam da aplicação do novo regulamento (consumos industriais acima dos 100m3) e incidem apenas nos escalões de maior consumo, como desincentivo ao desperdício e apelo à poupança de água”.

O município e a Águas do Lena passam também a partilhar os riscos da exploração (antes quase exclusivos da autarquia), inclusive os grandes investimentos previstos de reposição e conservação da rede de abastecimento.

O acordo foi sujeito à aprovação pela Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos.


NESTA SECÇÃO

Estudo de impacto ambiental da Barrosinha à beira do chumbo

O pedido de licenciamento da pedreira da Barrosinha, na freguesia de Reguengo do Fetal, está...

Pedreira da Barrosinha pode acabar em tribunal e com indemnizações

Há intervenções e decisões promovidas até agora por algumas entidades públicas e privadas no...

PSD ganha no concelho mas perde votos

O PSD venceu as eleições legislativas na Batalha, disputadas no dia 6 deste mês, com 39,77% ...