Agredia e ameaçava de morte a mãe há uma década

Um homem foi detido pela GNR esta quarta-feira, 11, no Concelho da Batalha sob suspeita de agredir e ameaçar de morte a própria mãe, de 67 anos, durante uma década.

A detenção do suspeito da prática de um crime de violência doméstica, de 38 anos, foi consumada pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas da GNR de Leiria, com a colaboração de militares do posto da Batalha, no âmbito de uma investigação que decorria há algum tempo.

“No âmbito da investigação apurou-se que o suspeito agredia física e psicologicamente a sua mãe, com 67 anos e com limitações físicas, há cerca de 10 anos, ameaçando-a de morte reiteradamente”, explica um comunicado emitido esta quinta-feira,12, pelo comando territorial de Leiria da GNR.

Os militares deram cumprimento a um mandado de detenção do suspeito, que “tinha por hábito sujeitar a sua mãe a humilhações e tratamentos degradantes, causando-lhe um estado de humilhação e ansiedade, temendo, várias vezes, pela sua própria vida”, adianta o comunicado.

O suspeito, “já com antecedentes criminais por ameaça agravada e violência doméstica”, encontra-se detido e será presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal Judicial de Peniche, este sábado, 13, a fim de lhe serem aplicadas as medidas de coação.

 


NESTA SECÇÃO

Somos Batalha e Batalha é de Todos protagonizam a disputa mais acesa

As candidaturas PSD/Somos Batalha e o movimento Batalha é de Todos, apoiado pelo PS, protago...

Combater as assimetrias que marcam as condições de vida no concelho

  O projeto CDU é a garantia de respeito pela escolha dos eleitores. Princípios de trabal...

Seis candidatos à conquista da câmara com PS ausente e dois novos partidos

Esta é a 13ª vez que os eleitores do Concelho da Batalha são chamados a escolher os autarcas...