48 intervenções facilitam circulação na Batalha

A câmara municipal tem em fase final de projeto a realização de 41 intervenções de melhoria das acessibilidades na vila da Batalha e mais sete correções no espaço urbano, com o objetivo de promover melhores condições de acessibilidade às pessoas portadoras de deficiência e população com mobilidade reduzida.

Este projeto conta com a colaboração da Associação Salvador, ao nível da sensibilização da comunidade e na sua execução serão observadas as recomendações da ACAPO (Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal), concentrando as ações físicas no espaço público ao nível das escadas, rampas e passagens de peões de superfície.

“Esta intervenção procura dar seguimento às ações que ao longo dos anos o município tem realizado, com destaque para os projetos inclusivos do Museu da Comunidade Concelhia da Batalha (MCCB) e do Eco Parque Sensorial da Pia do Urso”, explica o presidente da câmara.

“Reputamos da maior importância as parcerias que desenvolvemos neste domínio, desta feita, esperamos também contar com a Associação Salvador, nomeadamente ao nível de ações de sensibilização da comunidade para a relevância da problemática das acessibilidade e inclusão”, conclui Paulo Batista Santos.


NESTA SECÇÃO

“Joia da Batalha” quer ser uma das “7 Maravilhas”

O Mosteiro do Leitão candidatou ao concurso “7 Maravilhas Doces de Portugal” um doce que bat...

Projetos do concelho no prémio “Ciência na Escola”

Três projetos de alunos do Concelho da Batalha passaram à fase de desenvolvimento da 16ª edi...

Moinho de Vento candidato ao prémio "Heróis da Fruta"

As turmas “Inventores”, “Sabichões” e "Os Traquinas", do Centro Infantil Moinho de Vento, sã...